Segunda cidade: Washington, DC!

Depois de algum tempo sem postagens, voltamos ao blog! Este parou, mas nós não! Como primeira postagem de 2011, daremos continuidade ao nosso Diário de viagem. Próxima parada: Washington, DC!

Washington é uma cidade planejada, inaugurada em 1800. Foi desenhada pelo engenheiro francês Pierre Charles L’Enfant, que centralizou a cidade no Capitólio dos Estados Unidos. As avenidas funcionam em diagonais, onde seus cruzamentos com as ruas que, ao contrário das avenidas, foram desenhadas perpendicularmente entre si, são realizados através de rotatórias. Outro ponto urbanístico foi a construção de um extenso parque na margem norte do Rio Potomac, que constitui o atual National Mall.

Realizamos uma caminhada a partir do Capitólio até o Memorial de Lincoln, e vamos mostrar a vocês o que nos chamou a atenção. Abaixo estão duas vistas aéreas do local.

O Capitólio dos Estados Unidos da América: é o centro da cidade, o ponto de partida. Localiza-se em um morro, e possui 91 metros de altura. No mesmo prédio encontra-se a Biblioteca do Congresso.

National Mall: maior e mais conhecido parque de Washington, com 3 quilômetros de comprimento, que liga o Capitólio ao Memorial de Lincoln. Mais próximo a este foi projetado um imenso espelho d’água, emoldurado por lindas árvores (uma tela viva). Nas laterais de sua extensão (entre o Capitólio e o obelisco) estão localizados diversos museus, formando o complexo chamado Smithsonian Institution. Registramos alguns deles:

Primeiro, o Smithsonian Institution.

 

 

 Jardins do complexo  

Acima, a Galeria Nacional de Arte: o primeiro edifício que chamou a atenção. Pela arquitetura contemporânea de linhas retas e pelo reflexo no lago (completa a beleza, não?).

Nas imagens acima e abaixo, o Museu Nacional dos Indígenas Americanos. De longe, nos passa a impressão de uma construção feita em barro.

À esquerda, o detalhe da arquitetura orgânica deste museu, e o contraste do rústico com as esquadrias.

Acima, o Museu Aero-espacial e, abaixo, o Museu Nacional da História Americana.

Na sequência, três fotos do Museu Hirshhorn e Jardim das Esculturas.

Esta foto foi tirada de dentro do Museu, e mostra ao fundo uma das “laterais de museus” do Smithsonian Institution, mais precisamente o Museu Nacional da História Natural. Neste museu visitamos a exposição “Everything”, do argentino Guillermo Kuitca (http://hirshhorn.si.edu/exhibitions/view.asp?key=21&subkey=55). Falaremos sobre a exposição em um dos próximos posts.

Monumento de Washington: pertencente ao National Mall, e localizado praticamente no seu centro,é o obelisco dedicado a George Washington. Possuindo 169,29 metros de altura, é a construção mais alta da cidade. Possui um observatório em seu topo, onde é possível ver a cidade quase inteira.

Memorial de Lincoln: localiza-se no final do National Mall. Monumento em granito que homenageia mais um presidente americano. Dele temos uma visão superior do parque com o obelisco refletido perfeitamente no espelho d’água. 

Casa Branca: residência oficial do presidente dos Estados Unidos da América. Localiza-se em uma ramificação do trajeto reto do Nacional Mall.

Dentro do National Mall também está o Memorial da Segunda Guerra. O local tem desenho de uma elipse, composta de totens que representam os estados americanos. Estes, por sua vez, rodeiam chafarizes e quedas d’água. Quando entramos no Memorial, logo sentimos uma sensação de paz. Bom trabalho, esta é uma das funções da arquitetura: transmitir sensações. 

About these ads
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s